Total de visualizações de página

quarta-feira, 13 de abril de 2011

News!!!

A partir de agora, nosso blog possui um chat onde as pessoas podem debater e dar suas opiniões sobre os assuntos postados!!  

Para mandar sua a mensagem é simples!!

1. Digite sua mensagem e clique em ´´set name´´
2. Logo após ira aparecer essa tela:



         Você tem 3 opções de envio:  

     1. Como anônimo. Basta clicar em go.
     2. Com um nome temporário. Digite seu nome e clique em go.           3. Ou se é membro do chatango, basta fazer login.

Espero que as dicas sejam úteis para que possamos manter o debate entre blog e leitores, e em breve novas postagens sobre temas diversos. 

               @pauloroberto_01

terça-feira, 12 de abril de 2011

Por que somos um país de terceiro mundo?

http://3.bp.blogspot.com/_jyAcZ3Uw544/S9d0RESxoKI/AAAAAAAAAkM/rB5tlogVUdM/s1600/bandeira_do_brasil-3707.jpg




Por que somos um país de terceiro mundo?

A pergunta é única, mas as respostas são várias. Falta de autoridade, falta de competência, falta de iniciativa. Não quero julgar o que está errado e sim o que podemos fazer para melhorar.

Com a grande extensão territorial de nosso país, obviamente temos uma grande abundância de recursos, que além do mais, poderiam ser usados de forma sustentável.

Somos um povo inteligente, prova disso é que nossos melhores trabalhadores hoje saem para outros países. Por que não investir em projetos de Pesquisa e Desenvolvimento, nossas universidades tem extremos potenciais inclusos, nossos cursos técnicos formam grandes profissionais, o que falta é o investimento. Podemos continuar comprando aviões que logo se tornarão ultrapassados em seu país de origem e em nosso país usaremos durante longos anos, ou podemos criar nós mesmos os nossos aviões (esse é só um exemplo análogo, até porque a EMBRAER fabrica aviões, porém sabemos que não tratei exatamente somente de aviões né?!).

Será que sempre seremos assim? Podemos ser uma potência algum dia? Talvez sim, talvez não, mas só descobriremos isso se começarmos a tomar atitudes.

Infelizmente eu não tenho outra resposta para esse problema, talvez eu não tenha conhecimentos específicos para discutir esse ponto, porém nosso blog aqui é de debate, e toda opinião contrária e respeitosa é sempre bem vinda.

@rodrigostaff

quinta-feira, 7 de abril de 2011

7/4/2011 - LUTO


    *Primeiramente queria dizer que não gostaria de estar escrevendo sobre esse assunto hoje, mas é necessário e deixar claro que não é do interesse do nosso blog ofender ou responsabilizar qualquer pessoa ou instituição.


E desde já deixamos nossos sentimentos a todas as vítimas e familiares...

  O que leva uma pessoa a se armar, entrar numa escola e abrir fogo contra dezenas de crianças??  Pois é, caros leitores, isso foi o que aconteceu nessa quinta-feira (7/4/2011) dia que ficará marcado na história do Brasil como um dia de muita tristeza. Na manhã do dia 7 Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, entrou na Escola Municipal Tasso da Silveira onde estudou o ensino fundamental e abriu fogo contra crianças, professores e funcionários da escola. Munido de 2 armas, uma calibre 32 e outra 38 e muita munição. Ao total foram 13 mortos, 12 alunos sendo 10 meninas e um menino e o próprio assassino, que foi atingido por um policial e logo após se matou.



Wellinton já tinha tudo planejado para o crime que iria cometer, não deixou rastros em sua casa, destruiu seus objetos pessoais e queimou seu computador, a única pista foi uma carta encontrada junto ao seu corpo:
http://www.cnews.com.br/?p=75704

Paranoia? Loucura? Sadismo? Seitas? Terrorismo? O que explica um ser humano entrar em uma escola e matar outros 12 e deixar muitos outros feridos? Muitos diriam que esse homem não deveria nem ser chamado de humano, mas a verdade é que sendo ele o que fosse teve acesso a armas e a munição facilmente e possuía treinamento militar. Então seria isso um problema social?  Após a o ocorrido, o governo declarou que irá fazer uma nova campanha para o desarmamento, não era essa uma campanha que deveria existir sempre? Mas o grande problema não é as armas que as pessoas têm em casa e sim aquelas que as pessoas têm a facilidade de conseguir. Para cada arma que é apreendida muitas outras entram em circulação, o problema só pode ser resolvido se for tratado na sua raiz.
 ´´Vivemos em uma guerra, mas não sabemos quem são os combatentes``
                                     @pauloroberto_01
 Lembramos que a opinião do leitor é de suma importância, por isso participe, comente, vote e faça sua parte...

sexta-feira, 1 de abril de 2011

OS IDEIAIS POR TRAS DAS REIVINDICAÇÕES

 



Primeiramente quero falar que meu intuito não é difamar meus colegas estudantes que se organizam para protestar, muito pelo contrário, a idéia é fazer com que se pensem o PORQUÊ de realizar qualquer reivindicação.


Olá pessoal, venho expor aqui algo que me deixou inquieto. Nesta semana minha sala foi alvo de um abaixo-assinado sobre o aumento da passagem de ônibus. Existiam três reivindicações: a primeira era sobre a redução da tarifa, a segunda era a de que “estudantes e desempregados devem ter passe livre” e a terceira era a estatização das empresas de ônibus, algo que nesse texto eu não irei nem comentar, mas abro espaço para comentários.
Antes de dissertar quero falar que não tenho nenhum vinculo e nenhum aborrecimento com nenhuma organização que será citada.
A redução da tarifa é algo que existe um breve estudo, aqui em Fortaleza, por exemplo, a passagem custa 2,00 R$, antes do aumento era 1,80 R$ e em outra capital do nordeste, se não me engano Salvador a tarifa é de 3,00 R$. Eu não sei em Salvador, mas aqui em Fortaleza o transporte público é um caos. Em minha opinião, se a tarifa fosse aumentada e a qualidade também, eu não veria problema, todavia a passagem aumenta e a “qualidade” continua a mesma.
Agora o ponto ao qual eu queria chegar é sobre a segunda reivindicação. Desempregados seria um caso a parte para estudo, por outro lado estudantes não pagarem tarifa já seria algo que eu refuto, até porque grande parcela de usuários do sistema de transporte público são de estudantes. Digamos que você leitor desse artigo venha à ser um dono de uma empresa de transportes. Você não acha mais do que justo pagarem à você o que é usado? (não tenho vinculo com nenhuma empresa de ônibus)
Mas o grande clímax desse texto citarei agora. O abaixo-assinado deve ter surgido de alguém ou de algum grupo. Tudo bem até ai. A coisa mais certa que eu já ouvi em minha vida é que “as pessoas só fazem as ‘coisas’ devido seu interesse” (desculpem a utilização da palavra “coisa”, mas se fez necessário). Não é a toa que essa idéia do abaixo-assinado deva ter saído de estudantes e que em minha sala 90% das pessoas assinaram. Se pensarem o contrário é claro que eu ofereço 100% do meu respeito e queria ler opiniões sobre isso, todavia se alguns falarem que o grupo está voltado em ajudar a sociedade, então por que não fazer campanhas com intuito de alimentar pessoas famintas? (não tenho nenhum vinculo com grupo filantrópico algum)
Antes que eu esqueça, outra coisa que eu queria indagar, começando antes com a breve historia sobre o aumento da tarifa que eu deveria ter falado antes. Foi-se anunciado que a tarifa aumentaria na quarta-feira de cinzas. Ai eu questiono por que se esperou todo esse tempo para fazer um abaixo-assinado ou reivindicações se tudo isso poderia ter sido feito antes? A resposta que eu encontrei depois de ter pensado muito é a de que o CARNAVAL não poderia ter sido perdido né?! (aliás, perdi metade de meu carnaval fazendo trabalho de TGA), entendo também que as pessoas merecem devido descanso, e que a reivindicação não teria apoio suficiente diante dessa situação, mas talvez a reivindicação se faria necessária no momento em que foi proposto o reajuste, pelo menos o que eu penso.
Antes de assinarem ou fazerem qualquer protesto, vejam os ideais que estão intrínsecos.
Lembrando mais uma vez que eu não tenho vinculo com nenhuma organização aqui citada, muito menos com a prefeitura de Fortaleza para os que acharem isso.
Queria que todos que acharem  que minha opinião contém algum equivoco, expressassem suas opiniões a favor ou contra, lembrando sempre que a ética em primeiro lugar e que o blog não tem responsabilidade alguma em algum comentário preconceituoso ou indelicado.
                              @rodrigostaff